VLT de Cuiabá, só para depois de 2018

Com obras paradas desde 2014, ano em que foi prometida sua inauguração, o projeto de VLT de Cuiabá já consumiu mais de R$ 1 bilhão de recursos, e não deve estar pronto antes de 2018.

Quem afirma é o próprio secretário de Estado de Cidades – Secid, Wilson Santos, que deve assumir o cargo na próxima semana.

“Sem dúvidas, essa questão é emblemática. Nós iremos dedicar uma atenção especial ao VLT. Quero deixar bem claro que não terei tempo suficiente para concluir o VLT. Não adianta fazer compromisso que não será cumprido. A conclusão do VLT é para mais de dois anos”, afirmou.

Santos, no entanto, diz que as obras podem ser retomadas. “Não tenho dúvidas que as obras do VLT serão retomadas e tratadas com toda a prioridade que o governador Pedro Taques exigiu. Amanhã, às 10 horas, estarei em Brasília com o Dr. José Roberto Generoso, que é secretário nacional de mobilidade urbana, e também com o ministro Bruno Araújo para tratar exclusivamente sobre o VLT”, disse.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

4 Comentários deste post

  1. Que absurdo, uma coisa e certa, o dinheiro esta na conta de alguém.

    Rodrigo Santos / Responder
  2. Creeedoooo

    Matheus / Responder
  3. Ridiculo, os responsaveis tem que ir pra cadeia

    MARCELO PINA MARTINS / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*