Greve de ônibus continua no ABC

Imagem de Adamo Bazani

Segue a greve em cidades do ABC Paulista. Nesta quarta-feira, 16 de novembro, cinco empresas estão com paralisação nos serviços. São elas: EAOSA, Ribeirão Pires, Viação Triângulo, Viação Imigrantes e Viação Riacho Grande.

São 190 ônibus que circulam em 26 linhas, e atendem a cerca de 50 mil pessoas por dia, e cortam cidades como Paranapiacaba, Ribeirão Pires, Mauá, Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, além de parte do município de São Paulo.

Todas as viações são de um mesmo dono, o empresário Baltazar José de Sousa, que diz ter encontrado dificuldades em repasses referentes à gratuidades. Já a EMTU, que administra o sistema, diz que vai multar as empresas.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

3 Comentários deste post

  1. Até quando o Grande Abc vai aguentar. …
    A Emtu deveria descredenciar todo o grupo e antecipar a licitação na área 5.

    Ivan / Responder
  2. Area 5 da EMTU é uma bagunça, Tem todos tipos de problemas, e quem sofre são os moradores da região.

    jildinei / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*