Paris deve proibir carros nas margens do Rio Sena

Cerca de 3 quilômetros às margens do Rio Sena, em Paris, deixarão de ter trafego de carros, e serão destinados apenas às pessoas. A medida foi anunciada e aprovada nesta segunda-feira, 26 de Setembro, e tem como objetivo reduzir níveis de poluição, que são maiores do que os permitidos pelas normas da União Europeia.

No entanto, uma parte da população e a oposição do governo de Anne Hidalgo já anunciaram que devem trabalhar para que a medida não seja concretizada, sobre o pretexto de que deve piorar o trânsito.

O trecho de 3,3 quilômetros entre a via Georges-Pompidou, partindo da entrada ao Túnel das Tulherias, junto ao Museu do Louvre, até a saída do túnel Enrique 4º, perto da Praça da Bastilha, foi fechado ao trafego de carros. Existe ainda um projeto do calçadão com a construção de passarelas para os pedestres e a criação de área verde.

Estima-se que a poluição do ar seja responsável por 2,5 mil mortes ao ano em Paris e 6,6 mil em sua região metropolitana. O trânsito gera atualmente dois terços das emissões de dióxido de nitrogênio e de 56% das partículas finas na cidade.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*