Prefeitura de SP expande faixas exclusivas de pedestres

Foto: Robson Fernandjes | Fotos Públicas

A prefeitura de São Paulo deve expandir o projeto de faixa exclusiva para pedestres, assim como fez na Avenida Liberdade, onde é registrado um grande volume de pessoas, e as calçadas não dão conta em certos horários. A medida foi aprovada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Os novos locais que devem receber as estruturas são a Vila Madalena, nas proximidades do Beco do Batman, além da Líbero Badaró e a 7 de Abril, na região central.

Segundo a prefeitura de São Paulo, qualquer cidadão poderá solicitar uma faixa deste tipo, que após o pedido, será analisado pela Companhia de Engenharia de Trafego – CET.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

21 Comentários deste post

  1. Interessante, já utilizam isso em países europeus.

    Rodrigo Santos / Responder
  2. Tive a oportunidade de usar a da Av. Liberdade e ela é fundamental nos horários de pico, acredito até que poderia virar calçada de vez.
    A prefeitura só precisa ficar mais atenta com os pontos onde acumulam água e melhorar a limpeza.

    Rodolfo / Responder
  3. Pq não aumenta calçada, com concreto de qualidade e diminuindo consideravelmente qualquer risco pra pedestres? Ele vai aumentar a pintura com alta identidade de improviso, não evitando e tapando os buracos já existentes no asfalto de merda que temos? Tônica do governo Haddad – boas iniciativas e execução porca

    Vinícius / Responder
    • Me desculpe discordar, mas tenho alguns pontos a colocar:

      – Você tem ideia do valor e do tempo para fazer um estudo de engenharia, projetos, reconstrução da calçada e concretagem?

      – O grande fluxo de pedestres ocorre apenas em determinados horários. Assim, mantendo o asfalto no local, você permite o seu uso para veículos em caso de necessidade (por exemplo, para serviços públicos) sem bloquear a faixa de circulação.

      – Em todos os locais que necessitavam de recapeamento, foi usado um novo tipo de asfalto que é mais resistente. Aos poucos, a cidade vai receber uma pavimentação moderna e adequada aos novos tempos.

      Alex / (em resposta a Vinícius) Responder
      • A faixa de pedestres então é de uso temporário apenas uma parte do dia? “Você sabe quanto custa os valores, tempo e estudos para construir… CALÇADAS…” No Japão, após terremotos, reconstroem tudo em meses. Vc é petista? Se não é, seu comentário foi digno de um.

        Vinícius / (em resposta a Alex) Responder
        • Você conhece e já viu como ficou o projeto piloto da Av.Liberdade?

          E vai me desculpar: Ficar chamando de petista quem aprova projetos que estão dando certo no mundo inteiro é coisa de gente medíocre….

          Faça o favor, não politize as discussões.

          Obrigado!
          De nada!

          Robson / (em resposta a Vinícius) Responder
          • Os caras falam dos projetos do haddad em SP como se aqui estivesse sendo uma Amsterdã, Viena ou Berlim. Acorda cara, aqui o mundo é bem diferente. Precisamos de menos frescuras e mais obras pra melhorar de fato a vida das pessoas!

            Josh / (em resposta a Robson)
          • De fato, nunca será uma Amsterdã enquanto mantiver uma mentalidade subdesenvolvida e complexo de vira-lata.

            Esses países não chegaram aonde estão hoje de graça.

            Renato / (em resposta a Robson)
          • opa, a resposta era para o JOSH

            Renato / (em resposta a Robson)
    • Não é o que eu vejo nas reportagens do dia a dia, sorry…

      Renato / (em resposta a Vinícius) Responder
  4. Alem de fazerem “faixas de pedestres”, não é mais seguro estender as calçadas por mais que tenha custos maiores? Não tem sentido essas faixas… Se for pensar em “Faixas saem mais em conta que calçada”, então vamos quebrar todas as calçadas e fazer apenas faixas! Sem contar que a Av. Liberdade tem uma grande movimentação de automóveis.

    Lucas / Responder
  5. Pintura em meio fio, ciclofaixa, faixa de pedestre no sinal, faixa de cruzamento, faixa exclusiva para pedestres… as ruas de São Paulo vão ficar parecendo tabuleiro de baiana!! Tem que dirigir com tabela de cores no painel. E tome multa.

    Costa / Responder
    • Desculpe, mas a cidade é das PESSOAS, não dos carros que ocupam 80% do espaço publico. Adapte-se!

      Renato / (em resposta a Costa) Responder
      • Se você acha que espalhar panfleto escrito “a cidade é das PESSOAS, não dos carros que ocupam 80% do espaço publico. Adapte-se” vai fazer faixas de pedestres mais seguras, está errado.
        Se você concorda com uma prática da prefeitura de gastar cortes pra não ter que fazer calçadas descentes para as pessoas, está errado.

        Lucas / (em resposta a Renato) Responder
        • Eu concordo, pois faixas para pedestres tem até no JAPÃO e Inglaterra. E como o projeto é baseado em experiencias de outros paises, acho valido testar. E como vi que você está desinformado, SAIBA que esse é um projeto PILOTO, onde foram testadas 2 tipos. A faixa para lugares menos movimentos e o alargamento da calçada. Os 2 modelos foram implantados em diferentes partes da Av.Liberdade.

          Sou morador da região e conheço muito bem lá. Tanto a faixa, qto o alargamento da calçada por quarteirão foram implantados nos lugares certos.

          Qualquer motorista que perca o controle, vai invadir faixa ou calçada da mesma forma. Ser uma faixa ou uma calçada não IMPEDE NADA.

          Alguém foi atropelado depois das faixas? Qtos foram atropelados antes disso?

          Ficar de mimimi não vai mudar…Reclame com o poder publico se não está contente.

          E volto a dizer. A cidade é das PESSOAS SIM. Seu mimimi é o mesmo de quem foi contra a paulista aberta, as ciclovias etc…..

          Aceite que dói menos.

          Renato / (em resposta a Lucas) Responder
          • Invade nada aqueles 15 cm de elevação de calçada salvam vidas, são verdadeiras muralhas nas quais os automoveis nunca passarão … SQN.

            Alexandre I / (em resposta a Renato)
        • Ah meu, qta frescura por causa de faixa disso, faixa daquilo.

          As calçadas de SP estão todas detonadas e vc tá reclamando de faixas exclusivas para pedestres? Faça o favor

          O que tem feito junto a prefeitura para melhorar as calçadas? pelo visto, nada. É mais comodo vir reclamar em um blog de internet do que correr atrás do que te incomoda.

          Isso ai está mais para um choro de criança, isso sim.

          Vai atrás e cobre a prefeitura rapá

          Tiago / (em resposta a Lucas) Responder
  6. Estudo na FMU e a faixa foi implementada como os amigos disse, numa parte, depois da estação sao joaquim, sentido sé, e no meio do caminho, fizeram uma calçada alargada, com um espaço pra agua de chuva e etc correr com “ralos”(nao lembrei do nome) em cima. a ideia é otima, ajuda bastante, mas, as pessoas não sabem andar pela cidade, andam em grupos de 3, um do lado do outro, bloqueando quem vem no sentido contrario e não deixando as pessoas de tras ultrapassarem, fora que muitos vão devagar e nao cedem espaço, pessoas vindo de tudo que é lado, tipo, eu sempre anda na minha direita, mas, sempre tem aquele que não pensa assim, e atrapalha, fora que muitos no sentido contrario, não respeitam e não deixam voce passar, não respeitam os mais velhos e etc. pra mim, a falta de respeito dos pedestres se contrasta com a falta de respeito dos motorista.

    jildinei / Responder
  7. mimimi… mimi mi mimimi

    Raul / Responder
  8. aff…fazer metro que é bom nada

    fabio / Responder
  9. Criticar em um blog e fácil, quero ver saber votar nas urnas.

    Rodrigo Santos / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*