Chineses estariam interessados em TAV Brasileiro

Chineses estariam interessados em investir no projeto de Trem de Alta Velocidade Brasileiro. Quem diz isso é o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang que, em reunião com o presidente em exercício Michel Temer, confirmou a intenção das empresas na ferrovia entre o Rio de Janeiro e São Paulo.

São estimados investimentos entre cerca de R$ 35 bilhões, por parte do governo, e R$ 50 bilhões, na visão do mercado. O presidente interino foi convidado pelo embaixador a conhecer o sistema de Xangai para Hangzhou, durante a reunião em setembro de líderes do G-20.

Interlocutores do palácio do planalto disseram à imprensa que existe de fato o desejo dos chineses na venda, mas que por conta da situação econômica, o projeto deveria ser bancado integralmente pela iniciativa privada, inclusive do exterior, como o caso da China Railway Construction.

O Governo da presidente afastada, Dilma Rousseff, tentou promover leilões para interessados. Porém, os investidores criticaram riscos ao projeto, além da taxa de retorno propostas pelo Executivo.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

29 Comentários deste post

  1. Serrote não vai boicotar desta vez?

    Gapre / Responder
  2. Isso daí é lenda urbana, esquece !!!

    Rafael / Responder
  3. Esse projeto é uma infantilidade vergonhosa. Tem que enterrar de vez.

    Josh / Responder
    • Rio-SP é “só” a terceira ponte aérea mais movimentada do planeta. Precisa de um modal de ligação entre as duas cidades que seja decente, não dá pra ficar só na ponte aérea ou na Dutra. Nem que seja um trem de média velocidade, mas precisa de um transporte rápido e que não fique a mercê dos enormes congestionamentos encontrados na Dutra, principalmente na parte do Rio.

      Gapre / (em resposta a Josh) Responder
      • Isso, só retirando o tempo de embarque e desembarque de um aviao já é muito mais negócio, mas a passagem n da pra sair mais cara que a de avião…

        Alexandre i / (em resposta a Gapre) Responder
        • A passagem de avião, comprada com antecedência mínima de um mês, sai em torno de 100 reais só um trecho com promoção, contando as taxas aeroportuárias. A tarifa do TAV, salvo engano, custaria em torno de 200 reais, mas poderia ser comprada na hora do embarque. A passsagem do avião, comprada na hora do embarque, pode chegar à bagatela de 1000 reais. Ainda acho que vale e muito a pena pro passageiro esse trem, cuja viagem levaria em torno de 2 horas, mesmo tempo do avião (ou até menos) considerando tempo de check-in, embarque e desembarque.

          Gapre / (em resposta a Alexandre i) Responder
          • Também acho q vale muito a pena, mas o investidor externo só embarcaria nesse custo total com garantia de retorno. Nada impede de fazerem promocoes de compra com antecedência também. Mas se se mostrar mais eficiente que o avião em termos de atrasos e tempo de deslocamento incluindo check-in pode sim ser um modal muito interessante e se houver facilidade de se chegar ao trem então…

            Alexandre i / (em resposta a Gapre)
      • Fora que com a concorrência e talvez preferencia ao conforto do que tempo de viagem
        Iria acirrar as disputas

        Quem sabe até termos verdadeiras low costs com preços baixos

        Andrew / (em resposta a Gapre) Responder
  4. Acho o projeto original muito ruim.
    Na minha opinião deveria ligar a Cidade de Campinas, o aeroporto de Viracopos, São Paulo na futura estação da Lapa, o aeroporto de Guarulhos, o aeroporto de São José dos Campos e assim por diante.
    Não dá para fazer S.Paulo/ Rio passando sem parar nos pontos de maior volume de passageiros e/ou interligações fundamentais ao fluxo do transporte. Talvez perca a velocidade maior, mas será mais util.

    jair / Responder
    • O projeto inclui paradas em cidades mais populosas e pólos regionais.

      Yago / (em resposta a jair) Responder
      • Sim Yago estava previsto, porém não chegava a Campinas (só ao aeroporto de Viracopos), em S.Paulo parava no Campo de Marte, em S. Jose dos Campos no centro da Cidade e não no aeroporto e assim vaí.

        jair / (em resposta a Yago) Responder
  5. O Brasil não sabe o que é prioridade, primeiro deve investir pesado em Saneamento Básico, Saúde, Educação e Segurança e transportes urbanos, resolvido esses problemas primários e básicos ai procura-se novas prioridades.Chega de gastos em panfletarias eleitorais que só aumenta despesas, gastos e corrupções. Será que isso e sindrome de complexo, o cara não tem moradia, nem garagem mas tem Carro Zero, Smarthfone, TV a cabo, tv 150 polegadas de LED etc…etc… etc…O Camarada compra o que não necessita para impressionar quem não conhece.

    Jocame / Responder
  6. Acho difícil isso sair um dia devido ao custo com desapropriações e obras de artes em trechos montanhosos (serra das araras). Não seria mais fácil duplicarem os trilhos já existentes, eletrificarem e modernizarem alguns pontos que impeçam trafegar em velocidades maiores? Abraço!

    Leonardo / Responder
  7. GLORIA A DEUS PAI!!!!!! TORÇO P Q SAIA LOGO DO PAPEL

    Rodrigo Rangel / Responder
  8. Sonho meu.

    Rodrigo Santos / Responder
  9. Daqui 999 anos sai.

    Matheus / Responder
  10. Gostaria de ver não apenas São Paulo e Rio de Janeiro com ligação ferroviária, massim a maioria dos centros urbanos do Brasil.
    Apesar de ser interessante a idéia de ligar os aeroportos, pessoalmente não sou favorável, pois aí o tav passaria a ser, em vêz de um concorrente para as companhias aéreas, um recurso para auxiliar na venda de conexões com voos chegando em sp e conectando em campinas.
    Isso sería em vêz de um benefício para a população, um patrimônio das operadoras aéreas.

    Leonardo Gleison / Responder
  11. Panamericano, Copa do Mundo, Olim Piada e agora o Trem Bala?Quanta prioridade para um país pobre, depois reclamam que há má distribuição de renda.Com o dinheiro que seria gasto com trem bala, em torno de 60 bilhões, quantos empregos e beneficios aos usuários gerariam com infraestrutura Urbana, Saneamento Básico, na Saúde etc…

    Jocame / Responder
  12. Muito mais importantes para São paulo seria retomar os trens regionais e chegando a Santos. Ir para Campinas partindo de alguma estação na capital ou mesmo ir a Sorocaba, Santos etc. Este sistema foi destruído.

    Leo Cadio / Responder
    • O trem ligando Presidente Prudente ate o Mato Grosso Do Sul tbm, esse trem existia e foi destruido pelo governo :-(

      Matheus / (em resposta a Leo Cadio) Responder
      • Matheus, cansei de viajar para Bauru ida e volta com o trem que ia até o Mato Grosso, hoje do Sul.

        Jocame / (em resposta a Matheus) Responder
  13. Andei de Paris a Estrasburgo na França 487 KM (praticamente a mesma distancia entre SP>Rio) em 2h10m. O embarque e o desembarque foi como no metrô. Idem na volta a Paris e depois 2H17M de Paris até para Londres. As viagens são confortáveis, rápidas serviços de bordo excelentes. Para quem tem receio de andar de avião é uma ótima e rápida alternativa.
    Transporte de trilhos são necessários por serem rápidos, baixíssima emissão de poluentes e desafogar estradas que só ficam cada vez mais intransitáveis.

    Eduardo Lima / Responder
  14. Se realmente acontecer é necessário rever a estação no Campo de Marte que não tem conexão alguma com a cidade. O ideal seria a construção de uma nova Estação da Luz no páteo de manutenção da CPTM que fica entre as Estações da Luz e Júlio Prestes. Lá pode ser construído uma estação nos moldes de St Pancras em Londres; Gare de L’Est/Gare Du Nord em Paris e AlexandrePlatz em Berlim. Em todas elas, o ponto principal é a INTEGRAÇÃO. Metrô, trens metropolitanos, regionais e de longa distância na mesma estação. Assim facilita a vida dos usuários e viabiliza economicamente a obra por conta de potencializar muito mais o uso. Outro ganho seria para a região Central e de Campos Elíseos que, com uma estação padrão aeroporto seria ponto focal da cidade e assim estagnando o processo de deterioração que se acumula a décadas. Vejam o link.
    http://www.valentearquitetos.com.br/pu_estacao_luz.php

    Eduardo Lima / Responder
  15. Alguém acredita em papai noel e coelhinho da páscoa?????

    MARCELOOLIVEIRA / Responder
  16. Agora que a quadrilha petista foi varrida do país, é capaz de projeto dar certo.

    Ed / Responder
  17. Já Tá na Hora de Iniciar as Obras dos Trechos do Trem-bala Entre São Paulo e Rio de Janeiro, Entre São Paulo e Campinas e Entre Belo Horizonte e Uberlândia

    Michell / Responder
  18. De Preferência a BYD do Rio de Janeiro/RJ Até São Paulo/SP e Também de São Paulo Até Campinas e de Belo Horizonte, Capital de Minas Gerais Até Uberlândia, no Triângulo Mineiro

    Michell / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*