Fortaleza ganha segunda travessia em “X”

A cidade de Fortaleza acaba de ganhar uma faixa de pedestres em diagonal, no cruzamento das avenidas 13 de Maio e da Universidade, no Benfica. Estudos apontam que a redução do tempo da travessia pode cair em até 60%.

Trata-se da segunda estrutura implantada. A primeira foi instalada em 2015 no cruzamento da Avenida Historiador Raimundo Girão com a Av. Rui Barbosa, na Praia de Iracema.

As ações são da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), com foco na circulação de pedestres com parceria com a Bloomberg Philanthropies, instituição filantrópica com sede em Nova York, que pretende reverter número de fatalidades e ferimentos graves no trânsito. Estruturas deste tipo também foram implantadas na região central de São Paulo.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

1 Comentários deste post

  1. É óbvio que o tempo de travessia é reduzido na diagonal, não é necessário pesquisar para se chegar a essa conclusão! Mas isso não é o mais importante, o importante são pesquisas sobre a segurança ao pedestre na travessia diagonal, pois ele será muito mais vulnerável ao conflito com os veículos. Sem pesquisas sobre a segurança e sobre a gravidade dos eventuais atropelamentos é inócuo concluir alguma coisa!

    José / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*