Homem que entrar em vagão feminino poderá ser multado no Rio

Um projeto de lei que prevê multa para homens que usarem os vagões femininos em trens do Metrô Rio e Supervia foi aprovado nesta quarta, 9, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A proposta ainda amplia para dois vagões exclusivos para mulheres em horários de pico.

Caso a lei não seja cumprida, segurança das concessionárias poderão acionar policiais militares que conduzirão o infrator a uma delegacia.

Além disso, a norma obriga que as concessionárias realizem campanhas educativas sobre o tema, armazenem imagens e ajudem a identificar os infratores quando necessário.


Autor: Caio Lobo

Ler todos os posts

Paulistano e Corinthiano, formado em Marketing porém dedicou sua experiência profissional, pós-graduação e MBA na área de Finanças. Temas relacionados à mobilidade urbana o fascinam, principalmente quando se fala de metrô.