Hidrovia Tietê-Paraná retoma operação após estiagem

A Hidrovia Tietê-Paraná retomou o transporte de cargas na região noroeste do Estado de São Paulo, após quase dois anos paralisado. O transporte aquaviário estava suspenso por conta do baixo nível do Rio Tietê, e por conta da geração de energia.

O quadro foi revertido após chuvas terem caído no fim do ano passado, e em janeiro deste ano, recuperando o nível do rio. A previsão é que embarcações comecem a operar mais intensamente nas próximas semanas.

De acordo com o Departamento Hidroviário (DH), da Secretaria de Logística e Transportes do Estado, são esperados o transporte de seis milhões de toneladas pelo trecho da hidrovia em um ano, sobretudo soja, celulose e insumos para adubação. Um só comboio no rio transporta um volume equivalente à carga de 200 caminhões nas estradas.

A Hidrovia Tietê – Paraná, em toda sua extensão, atende as regiões sul, sudeste e centro-oeste do Brasil, que permite a navegação e o transporte de cargas e de passageiros ao longo dos rios Paraná e Tietê.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

2 Comentários deste post

  1. Com o minério em crise, a MRS agradece São Pedro.

    Narciso de Queiroz / Responder
  2. A MRS nao extrai minério no centro oeste ou em são paulo, vem tudo de minas …

    Jorge / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*