Guadalajara suprime via para carros e instala sistema de trólebus

Guadalajara, localizada no oeste do México, ganhou um novo sistema de trólebus desde o último dia 1º de fevereiro de 2016. A linha denominada 3 SiTren, faz parte da rede de transportes da cidade, que inclui outras duas linhas de Veículos leves sobre trilhos, com 28 estações e 24 km de extensão.

A rede de ônibus elétricos opera com 25 trólebus em 34 quilômetros entre ida e volta. Os veículos foram fabricados pela Skoda, e possuem um sistema de armazenamento de energia que da autonomia de 30 quilômetros, sem que o ônibus esteja conectado a rede elétrica. Os ônibus ainda possuem suportes para bicicletas na parte frontal.

A frequência dos veículos é de cinco minutos no horário de pico e de 12 minutos no horário de vale. O sistema tem capacidade de transportar 10 mil pessoas por dia.

skoda-guardalajara2

Meio ambiente

A escolha do trólebus em Guadalajara foi pensada visando a redução de poluentes atmosféricos, nocivos a saúde dos habitantes. As autoridades locais estimam que a nova linha poderá reduzir a emissão de dióxido de carbono em 16,75 toneladas por semana, e 3900 toneladas por ano em comparação com o ônibus a diesel.

A linha foi instalada em uma avenida de trânsito rápido, tornando a via exclusiva para o transporte coletivo, suprimindo o acesso aos carros.


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

5 Comentários deste post

  1. Bela iniciativa.

    Nivaldo / Responder
  2. Ah se fosse em São Paulo, a elite crucificaria a autoridade.

    Antonio Idevano dos Santos / Responder
  3. Quem dera se são Paulo investisse nesse

    fabiano / Responder
  4. ONIBUS LINDOS, SRMPRE ME PERGUNTO, PORQUE NO BRASIL AS EMPRESAS NÃO COMPRAM ONIBUS ASSIM PRA RODAR POR AQUI??? MODERNOS, LIMPOS E COM DESIGN IMPECAVEL??? SÓ AS LATAS QUENTES DE PISO ALTO PREVALECEM POR AQUI!!!

    Math / Responder
  5. SP esquece falta vontade.

    Rodrigo Santos / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*