Feira na Bélgica reúne novidades no mercado de ônibus

Aconteceu na Bélgica entre os dias 16 e 21 de Outubro a Busworld Kortrijk, uma feira que reune todas as novidades do setor de transporte por ônibus. De acordo com matéria do jornalista José Carlos Secco no Blog Ponto de ônibus, os veículos ecológicos foram destaque, entre eles ônibus Elétrico, híbrido, a gás natural, diesel ou etanol.

Entre eles, o veículo elétrico da Volvo do modelo 7900 que deve ser comercializado em 2016:

volvo

A Scania também mostrou seu modelo “Interlink”: veículo que pode atender desde as necessidades do transporte urbano, como intermunicipal ou rodoviário:

scania

A Van Hool apresentou seu modelo Exqui, disponível nos tamanhos de 18 e 24 metros como motorização diesel híbrido, fuel cell e trólebus:

vanhool

Já no setor rodoviário o VDL Futura FDD2 chamou a atenção pela altura. O modelo de dois andes possuí capacidade para transportar 96 passageiros:

vdl

Quando se fala em ônibus na Europa quase que imediatamente lembramos da Solaris. A polonesa apresentou o Urbino 12, um veículo elétrico com sistema de carga rápida das baterias durante o trajeto:

solaris

Seguindo a tendência de veículos com baixo ou nenhuma emissão de poluentes, a mercedes Bens apresentou seu modelo Citaro NGT, movido a gás natural:

mercdes


Autor: Renato Lobo

Ler todos os posts

Paulistano, Técnico em Transportes, Ciclista, apaixonado pelo tema da Mobilidade, é o criador do Portal Via Trolebus.

6 Comentários deste post

  1. Sonhamos com sistemas de ônibus elétricos e totalmente automatizados. Será que vai demorar muito?

    Ed / Responder
  2. Se em SP as ruas não fossem esburacadas alguns desses rodariam sem problemas,e sem o monopólio da Caio claro,masssssssssssssssssssssssssss.

    Rodrigo Santos / Responder
  3. Já vi um vídeo desse Cítaro articulado e muito bonito,mais la fora a Mercedes não e padrão Caio,pois la tem leis que obrigam mais qualidade nos ônibus.

    Rodrigo Santos / Responder
  4. Ônibus da Caio são bons, agora os Marcopolo é osso!
    Alias, alguém sabe a historia da Caio, sabe quem era o dono? Sabe o que aconteceu com ela para virar Induscar?
    Alguém sabe como o Felipe Massa entrou na F1?

    O povo de Botucatu conhece bem, por isso ninguém lá torce para o F. Massa.

    Vítor Pereira Gabriel / Responder
  5. Rodrigo, Se voce comparar o acabamento e a qualidade do material usado nas carrocerias da BYD com a da CAIO, a BYD da de 10 a 0 o acabamento da CAIO beira o amadorismo, parafusos mal apertados, vidros internos colocados tortos, tampas das portas vivem abertas, a CAIO usa plastico de mal qualidade que ou quebram ou trincam uma porcaria, so tem preço.

    Pedro / Responder
  6. O PADRAO BRASILEIRO TINHA QUE SER ESSE, ONIBUS GRANDES, PISO BAIXO DE FACIL ACESSIBILIDADE, MAS… ATE AGORA SOMENTE TEM AQUELAS LATAS QUENTES!!!
    :(

    matheus / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*